POLÍCIA CIVIL SEGUE INVESTIGAÇÕES PARA ELUCIDAR CASO DE FEMINICÍDIO EM BARRA DO CORDA.

A Polícia Civil por meio da Delegacia Regional de Barra do Corda, está há poucos passos de concluir o feminicídio ocorrido na madrugada do dia 03 de dezembro do corrente ano, que teve como vítima Dalverlane Viana da Silva, de 33 anos, momento em que chegava em casa atingida com oito golpes de faca, tendo como principal suspeito seu ex companheiro.

José Felipe da Silva Sousa, de 50 anos, que é o principal suspeito desse feminicídio foi preso em flagrante delito logo em seguida pela polícia. Diante do fato o delegado representou pela prisão preventiva sendo decretada pelo Juiz da 2ª Vara da Comarca de Barra do Corda.

Vale ressaltar que a vítima havia registrado um Boletim de Ocorrência a poucos dias, solicitando medidas protetivas de urgência, pois temia e afirmava está sendo perseguida e ameaçada pelo seu ex companheiro. A medida foi logo decretada pela Vara competente.

As investigações seguem em andamento, tanto que o delegado Renilto Ferreira, solicitou ao Instituto de Criminalística – ICRIM de Imperatriz, para periciar o local do crime e a casa do suspeito, além da roupa de Felipe que os policiais apreenderam em sua casa, que estavam lavadas e estendidas no varal.

Os exames constataram haver sangue latente por luminescência (luminol) em grande quantidade nas vestes e na residência de Felipe; “No dia de hoje, 06, o Laboratório de Análises Forenses confirmou ser sangue humano encontrado na roupa de Felipe, isso dar maiores indícios em desfavor do suspeito”, relatou o delegado Renilton.

Está sendo coletado amostras de DNA do sangue encontrado nas vestes do suspeito para confrontar com o DNA da vítima.

O inquérito deve ser concluído na próxima semana.