OPERAÇÃO ARRASTO DA POLÍCIA CIVIL DESMONTA ESQUEMA DE APROPRIAÇÃO INDÉBITA EM COLÔNIA DE PESCADORES EM ROSÁRIO

POR: ASCOM-PCMA

Uma ação policial batizada de Operação Arrasto foi deflagrada pela Polícia Civil do Maranhão, na manhã da última quarta-feira(9), no município de Rosário, onde mandados de busca e apreensão foram cumpridos resultantes de uma investigação pelo crime de apropriação indébita que funcionava dentro de uma Colônia de Pescadores.

O delegado regional da 1ª Delegacia Regional de Rosário, Ivônio Ribeiro, disse que os mandados de busca foram baseados em requisição para instauração de inquérito policial, proveniente do Ministério Público da cidade, no qual consta denúncia e apuração de conduta de crime, em tese, de apropriação indébita, por parte da Presidente da Associação dos benefícios dos filiados, no momento do recebimento bancário.

As investigações apontaram que a justificativa dada aos filiados, pela Presidente da Colônia, seria de que a retenção de parte do benefício seria para pagar custos com advogados, sendo que pra esta alegação de conduta não há previsão legal, portanto, configurando, em tese, o crime de apropriação indébita.

Como resultado da operação, foram recolhidos diversas pastas com documentações, além de um aparelho notebook, nos quais foram encaminhados à Delegacia Regional de Rosário para fins de análise da conduta descrita e continuidade nas investigações. Ninguém foi preso.