CASO PAULINHA: POLÍCIA CIVIL PRENDE SUSPEITO DO HOMICÍDIO EM TIMON

POR: ASCOM-PCMA

A Polícia Civil do Maranhão, numa ação realizada na tarde da última quarta-feira (26), deu cumprimento ao mandado de prisão contra um homem de 30 anos de idade, apontado como sendo o principal suspeito da morte da travesti conhecida como “Paulinha”, no último domingo (23), no bairro Santo Antônio, em Timon. A investigação e a prisão são de coordenação da Delegacia de Homicídios de Timon.

Segundo o que foi apurado pela Polícia Civil, “Paulinha” foi vítima de extrema violência praticado pelo autor que, conforme laudo cadavérico, teve o crânio com diversas fraturas provocadas por pedra e madeira. O suspeito foi visto com a vítima minutos antes do crime por testemunhas, próximo ao local do crime. Testemunhas também o viram o após o crime, chegando a pedir água pra beber e limpar as pernas e mãos que estavam sujas de sangue, além de ter sido visto com as sandálias da vítima.

De acordo com a delegada Nayana Teixeira, o autor foi interrogado e negou o crime, porém, reconheceu ser ele a pessoa no vídeo que aparece saindo do local onde a vítima foi encontrada morta. A Polícia Civil já tem elementos suficientes para apontar o preso como autor do crime e trabalha agora para saber a motivação. O preso foi encaminhado ao Presídio Jorge Vieira em Timon.