A Policia Civil do Estado do Maranhão prende dois suspeitos de homicídio, um na capital e outro em imperatriz

ASCOM PC/MA

A Policia Civil do Estado do Maranhão, por meio da Superintendência Homicídios e Proteção à Pessoa(SHPP), cumpriu, na manhã desta quinta-feira (10), dois mandados de prisão contra suspeitos de homicídio, um deles na cidade de Imperatriz/MA, Max Sousa Fonseca, um mandado de prisão preventiva oriundo da comarca de Barra do Garça, no estado de Mato Grosso. Max é investigado por crime de latrocínio ocorrido em 27.04.2019, na cidade de Barra do Garça, tendo como vítima Gilberto Sousa Gomes. A vítima era morador do imóvel onde Max e o seu irmão Rafael Sousa Fonseca, hoje foragido, trabalhavam como ajudantes de pedreiro.

A prisão temporária já havia sido cumprida em 08.09.2019 em Montes Altos/MA, onde Max, o autor do crime, reside. Hoje a prisão foi convertida em preventiva.

A colaboração entre as Polícias Civis do Mato Grosso e do Maranhão possibilitou a prisão do autor que foi preso e, após, interrogado na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Imperatriz/SHPP/PCMA.

A segunda prisão ocorreu ontem, 09.10.2019, por volta das 17h, em cumprimento ao Mandado de Prisão Temporária, contra o investigado Anderson Bruno Gomes  Rocha , suspeito pela do crime de Homicídio Qualificado, cometido contra Ferdinando Rosa da Conceição. O crime aconteceu no dia 22.02.2013, no bairro Rio São João, nesta capital.

As investigações tramitam na Delegacia de Homicídios da área Leste do Departamento de Homicídios da Capital, vinculado a Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa – SHPP.

Os presos, após passarem pelos procedimentos de praxe, os presos foram encaminhados ao sistema prisional onde permanecerão à disposição da justiça.