Quadrilhas especializadas a assaltos a bancos são apresentadas pela SSP

 

 

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) apresentou na tarde desta terça-feira, 02, durante entrevista coletiva realizada no Auditório Leofredo Ramos, no prédio da SSP, duas quadrilhas de assaltantes, uma especializada em roubos de cargas e outra responsável em assaltos a agências bancárias.

As prisões foram fruto de um trabalho de investigação realizado pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).
O Departamento de Combate a Roubo de Cargas, seção da Seic, prendeu neste último final de semana, quatro elementos que atuava na região de Presidente Dutra, a 347 Km de São Luís, em ações desta tipologia criminal.

Foram presos: Josimar Nobre Macedo, vulgo “Ná”, natural de São Matheus, apontado como chefe do bando; Evânio Conceição dos Santos, vulgo “Grande ou Evânio Garibeiro” de Pedreiras, interior do Maranhão, suspeito de participar de dois assaltos às agências bancárias das cidades de Luzilândia e Miguel Alves, no Piauí; José Magno Ferreira dos Santos, de Trizidela do Vale; e Denis da Silva Corrêa, suspeito de ter assaltado uma farmácia em São Matheus. Denis cumpriu pena durante o período de 2007 a 2009, também em Trizidela do Vale.

No momento da prisão, a quadrilha estava planejando assaltar qualquer caminhão de cargas. Os bandidos foram abordados pelas equipes da SEIC, no instante em que dividiam as tarefas para a ação criminal, no Posto de Gasolina Priscila na BR 135 em Presidente Dutra.

Segundo informações policiais, o bando é responsável por mais de quinze assaltos na região por mês.

Com eles foram apreendidos: dois veículos Fiat Uno, um de cor azul com placa NWU5735; e um de cor preta com placa NXP0301; 03 pistolas calibre 380; 01 revólver calibre 38; 01 pistola 765; e aproximadamente 200 peças de jóias roubadas no município de Capinzal do Norte.

Assaltos a bancos

Outra quadrilha apresentada pela Secretaria de Segurança é formada por elementos responsáveis por praticarem vários assaltos a bancos em alguns estados, como no Ceará, por exemplo.

Carlos Kenilson Pereira da Silva, natural do Maranhão e que mantinha residência fixa no Ceará; Aldenir Barbosa de Barros; e os irmãos Francisco Edvan Amaro Honório e Francisco Ediverton Amaro Honório, vulgo “Alejado”.

Francisco Ediverton é acusado também de envolvimento em seqüestros e assaltos a carros fortes. Ele está hospitalizado devido dois tiros levados em confronto com a polícia. Na ocasião da prisão, o bando tentou resistir a prisão. “Alejado” é foragido do presídio do Ceará e chefe do bando.

“Contra eles existiam vários mandados de prisão emitidos em diversos estados brasileiros”, disse o secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes. “Com a prisão desses elementos, a Polícia Civil evitou um grande dano que eles causariam a toda a população se ainda estivessem em liberdade”, enfatizou.

Com eles, a polícia ainda apreendeu 02 fuzis; 03 pistolas; 01 espingarda calibre 12, outra calibre 20; 02 rádios de comunicação; além de um veículo Fox vermelho e uma caminhonete Hilux de cor preta.

Estiveram presentes na coletiva, além do secretário Aluísio Mendes; o Superintendente Estadual de Investigações Criminais, delegado de Polícia Civil Marcos Affonso Júnior; o chefe do Departamento de Combate a Roubo de Cargas da Seic, delegado Rafael Leite; do chefe do Departamento de Combate a Roubos a Instituições Financeiras, delegado Luis Jorge; e do delegado de Operações Especiais da Seic, André Gossain.