Dois guardas municipais são presos suspeitos de integrar grupo de extermínio na baixada maranhense

Em uma ação conjunta da Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) e da Superintendência Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (SHPP), resultou na manhã da última quarta-feira (23), no cumprimento de mandado de prisão preventiva em desfavor de Jucélio Mendes Araújo e de João Batista Aroucha Braga, vulgo “Seu Bara”, além do cumprimento e em dois mandados de busca e apreensão nos bairros Mutirão e Subestação, em Viana.

De acordo com as investigações, os dois presos são suspeitos de ter praticado uma tentativa de homicídio e um homicídio. Além disso, as investigações ainda apontam que a dupla é suspeita de integrar um grupo de extermínio que teria cometido vários assassinatos na cidade de Viana e em outros municípios da baixada maranhense.

Os suspeitos são guardas municipais, e utilizavam de tal função para não levantar suspeitas dos seus atos criminosos. Na residência de Jucélio, a polícia encontrou munições, o que levou ao mesmo na autuação pelo crime de posse irregular de munição. Após os procedimentos legais, os suspeitos foram recambiados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

 Anselmo Oliveira – ASCOM/SSP