Polícia Civil apreende cerca de 120 quilos de maconha em Peritoró

Fotos: Nilson Figueiredo

Em entrevista coletiva concedida na tarde desta segunda-feira (20) na sede da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, com a presença do delegado geral da Polícia Civil Lawrence Melo, do superintendente estadual de repressão ao narcotráfico (Senarc) Carlos Alessandro e do coordenador do departamento de repressão ao narcotráfico no interior Danilo Veras, foram prestadas informações a respeito da operação que resultou na apreensão de cerca de 120 quilos de entorpecentes na cidade de Peritoró.

A ação teve início após denúncias anônimas que apontavam que um ônibus de turismo advindo do estado de Goiás carregava uma grande quantidade de drogas, tendo o destino final o município maranhense. Em posse dessas informações equipes da Polícia Civil de Peritoró e Presidente Dutra montaram campana nas proximidades da BR-316 no intuito de desarticular o crime, tendo êxito ao final.

Na ocasião, Hugo Wendel Santos da Silva, de 25 anos, natural da cidade de Imperatriz, foi preso em fragrante, pois o mesmo estava em posse de cerca de 120 quilos de maconha prensada que localizadas no bagageiro do ônibus. Ainda de acordo com o delegado Danilo Veras, o acusado confessou a responsabilidade do entorpecente e admitiu que a droga teria como finalidade abastecer o período carnavalesco em pelo menos cinco municípios do leste maranhense.

O mesmo foi recambiando à sede da Senarc, em São Luís onde após prestar seu devido depoimento, foi autuado pelo crime de tráfico interestadual de drogas, sendo esse encaminhado ao Sistema Penitenciário maranhense.

Operação “ UNIDADE MAIS SEGURA”

Ainda durante a coletiva, o delegado geral da Polícia Civil do Maranhão, Lawrence Melo   apresentou os resultados da operação policial “ UNIDADE MAIS SEGURA” que foi desenvolvida nos últimos dias 17,18 e 19 de fevereiro, nas cidades de Paço do Lumiar, Raposa e região do bairro do Araçagi, que visava um policiamento ostensivo e combater o número de roubos naquela área.

Como resultado da operação, foram cumpridos quatro mandados de prisão em desfavor de Paulo Ricardo Ribeiro, Walter Portela Dourado, Diego Mesquita Lobão e Ronilson Costa Silva, vulgo “ Romarinho”.

A operação foi fruto de um trabalho conjunto entre a Superintendência Estadual de Investigação Criminal (SEIC), a Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) e da Superintendência Estadual de Combate à Corrupção (SECCOR), em integração com a Polícia Militar.

O delegado geral Lawrence Melo por sua vez, anunciou que a Secretaria de Segurança do Maranhão já dei inicios aos trametes burocráticos para uma locação de um prédio onde deve funciona a delegacia do Araçagi e uma Companhia da Polícia Militar que oferecerá um atendimento especifico as comunidades de toda aquela região dos municípios da Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar.

 Anselmo Oliveira/ASCOM SSP-MA