SSP apresenta Termo de Cooperação Técnica para a criação do Canil Integrado de Segurança Pública

Na manhã desta sexta-feira (13), o subsecretário de Segurança Pública, delegado de Polícia Civil Saulo Ewerton, representando o senhor secretário de Segurança, delegado de Polícia Civil, Jefferson Portela, juntamente com equipe de assessores e representantes da Delegacia Geral da Polícia Civil, Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico e Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania de São Luís, reuniu com o professor Gustavo Costa, reitor da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), ocasião em que foi apresentada uma proposta para um Termo de Cooperação Técnica entre UEMA, Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania de São Luís e a Delegacia Geral de Polícia Civil do Maranhão para a criação do Canil Integrado de Segurança Pública, a fim de dar suporte aos trabalhos desenvolvidos na prevenção e repressão qualificada à violência e criminalidade na região metropolitana de São Luís, realizados através da Seção de Cinofilia da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (órgão da Polícia Civil) e da Guarda Municipal de São Luís, bem como no desenvolvimento de trabalhos de pesquisas acadêmicas nas áreas comportamental humana e animal, entre outros benefícios para a sociedade maranhense.

 

Um dos objetivos da parceria é desenvolver ações policiais com cães de faro que já são empregados no combate ao narcotráfico, bem como o emprego deste animal como mais uma ferramenta no auxílio da ressocialização de crianças e adolescentes que cumprem medidas sócios-educativas.

A SENARC e a Guarda Municipal de São Luís já vêm empregando cães da raça Pastor Belga Malinois nas ações policiais de combate ao tráfico de drogas, apresentações e ações ações de cidadania.