Ação conjunta das Polícias Civil do Maranhão e de São Paulo finda em prisão de suspeito de homicídio em Imperatriz

A Polícia Civil, por meio da Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) e da regional de Imperatriz, em parceria com o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) do estado de São Paulo, prendeu, na manhã desta quarta-feira (4), Jadeon Jeová Cabral Abreu, suspeito de participação no assassinato de sua ex-namorada, Nayara Reis Paixão, crime ocorrido em outubro do ano passado, na cidade de Imperatriz.

De acordo com delegado regional de Imperatriz, Eduardo Falcão, após o crime a Polícia Civil do Estado do Maranhão, por meio da Superintendência de Homicídios e de Combate ao Narcotráfico daquela cidade, deflagrou uma operação a fim de achar os dois indivíduos participantes do evento criminoso. Após informações, conseguiram encontrar a motocicleta utilizada no crime e, posteriormente, outras informações mais precisas confirmaram a participação de Jadeon Jeová.

Um dia após o ocorrido, em buscas ininterruptas, os policiais apreenderam um menor que atirou contra Nayara. O menor confirmou a participação de JADEON no crime, informando que este lhe havia pago a quantia de R$ 500,00 (quinhentos reais) e que ainda iria lhe dar um veículo como reforço do pagamento. Jadeon não foi encontrado naquele momento, pois fugiu e depois de vários dias foi constatado que o mesmo se encontrava no estado de São Paulo.

A prisão de Jadeon foi efetuada durante operação do Grupo de Operações Especiais (GOE) na cidade de Araçatuba, onde estava hospedado em uma pensão. O inquérito policial está sobre a coordenação do delegado Gustavo Tavares de Matos, que manteve troca constante de informações com a Polícia Civil paulista. Agora será providenciada a transferência de Jadeon para a comarca de Imperatriz, onde ficará à disposição da justiça.

Por: Anselmo Oliveira – Ascom/SSP