EXPOSEGMA permite integração dos órgãos policias em Bacabal e Instituto de Identificação consegue flagrar fraudadora

Durante todo o dia (08), julho no município de Bacabal, o evento EXPOSEGMA (Exposição sobre Segurança Pública do Maranhão), que é uma política de Segurança Pública voltada para ações de caráter preventivo e educativo, tendo como foco aproximar a comunidade dos órgãos estaduais, municipais e federais, se fez presente com stands e policiais ministrando palestras educacionais, bem como ações de combate às drogas e à violência.

 Dentre as várias representações, o Instituto de Identificação, órgão ligado a SPTC, se fez presente durante dois dias no município, com um posto de identificação que foi instalado na Praça Santa Terezinha, com o objetivo emitir carteiras de identidade, em 1ª e 2ª vias, para atender a população de Bacabal. Aproximadamente 150 pessoas receberam o documento.

Segundo o Perito Criminal e Superintendente do Instituto de Identificação, Miguel Alves da Silva Neto, sobre a Exposegma, “é extremamente importante, porque além de integrar o Sistema de Segurança com a comunidade, permite a integração dos próprios órgãos policias, obtendo ganhos consideráveis para todo o Sistema e forças policiais”.

 Miguel Alves ponderou ainda que “durante o evento no município foi constatado de perto a demanda real da população de Bacabal e que, por conta disso, a SPTC já está estudando novas atividades a serem desenvolvidos na região, no sentido de ampliar os postos de atendimento”.

Identificação e prisão de fraudadora em Bacabal

Com a partição da Superintendência de Polícia Técnica Cientifica (SPTC), representada pelo Instituto de Identificação e a Superintendência de Policia Civil do Interior (SPCI), representada pela delegacia regional, foram obtidas informações sobre tentativas de fraudes. O instituto de Identificação, após a denúncia, conseguiu identificar a fraudadora através de documentos entregues aos servidores do posto de atendimento. Foi o bastante para que a Polícia Civil do Maranhão efetuasse, na tarde desta sexta-feira, a prisão de Hercília Pereira da Silva ou Nilda Pereira de Sousa ou Valdeci Ferreira de Sousa, pela pratica do crime de falsidade ideológica.

Segundo informações do delegado Elson Ramos, regional no município, foi constatado pela policia que a suspeita já estaria pela terceira vez tentando tirar carteira de identidade se passando por pessoas falecidas. Concluídas as diligências, a fraudadora foi presa em flagrante e levada até a delegacia para prestar esclarecimentos, onde segue presa, aguardando decisões judiciais.

Participaram das diligências e investigações  os delegados Elson Ramos e Bruno Aguiar e os investigadores Naiana Moura, Fernando Tomaz e Eduardo.

Isadora Fonseca – Ascom SSP