Polícia Civil cumpre mandado de prisão em desfavor de “Beto Rocha”

Foi apresentado na tarde da última terça-feira, 12, nas dependências da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Outeiro da Cruz, Humberto Dantas dos Santos, o “Beto Rocha”.

Segundo o delegado Henrique Mesquita, titular da Supervisão de Áreas Integradas de Segurança Pública (SAISP) Norte, a prisão do “Beto Rocha”, foi em cumprimento a mandado de prisão preventiva de trinta dias, expedido pela juíza Janaina Araujo, da Central de Inquérito, por tentativa de homicídio praticado contra sua ex- companheira.

De acordo com o superintendente de Polícia Civil da Capital (SPCC), delegado Armando Pacheco, o crime ocorreu no dia 17 do mês passado, na residência do casal localizada na Ponta D´Areia, após a vítima aproveitar a ausência de “Beto Rocha” para pegar o seu celular sem seu consentimento.

Ainda de acordo com o superintendente, ao perceber que o celular estava em poder da vitima, ”Beto Rocha” foi em direção da sua ex-companheira, que na tentativa de se proteger, correu para o cômodo da secretária. Ao alcançar a vitima, Humberto Dantas lançou a cabeça da sua ex-mulher na quina da porta, além de desferir vários socos até a ex conjugue perder a consciência. Após a agressão, a vitima foi encaminhada para uma unidade hospitalar onde ficou internada por cinco dias.

Feita a apresentação na SPCC, Humberto Dantas foi conduzido para a Delegacia Especial da Mulher, onde a delegada Ana Claudia, presidente do inquérito policial, o autuou no Artigo 7 da Lei Maria da Penha. No Instituto Medico Legal (IML),ele foi submetido a exame de corpo de delito e em seguida levado ao Centro de Triagem de Pedrinhas onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.