Sistema de Segurança Pública apresenta resultados da “Operação Gualterio”

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) apresentou, na tarde desta sexta-feira (08), resultados da “Operação Gualterio”, deflagrada pela Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) em conjunto com a Polícia Militar, em cumprimento de mandados de prisão na Capital Maranhense.

O resultado dessa ação foi exposto por mesa constituída pela delegada adjunta de Polícia Civil, Adriana Amarante, o coronel Pedro Ribeiro, representando a PMMA, o delegado João Gabriel, representando a SPCI e o superintendente da Capital, Armando Pacheco.

A operação foi consequência de investigações e análises que vinham sendo feitas a mais de 40 dias, decorrentes dos ataques a coletivos na região metropolitana, no mês de maio. Depois desse episódio, o superintende da capital, Armando Pacheco e diversas equipes de outros departamentos policiais como as delegacias especiais do Maiobão, Ribamar, Cidade Operaria e distritos policias, em consonância com Polícia Militar, vinham identificando integrantes de facções que estiveram por trás desses ataques criminosos.

A apuração redundou em 41 mandados de busca e apreensão em diversos bairros da grande ilha e mandados de prisão preventiva, todos representados por estas delegacias especializadas. De posse dessa incumbência a Policia Civil se reuniu com a PM desencadeando a ação de forma organizada e complexa para cumprimento dos mandados

IMG_8018.

Durante a madrugada de hoje, por volta das 3:00 horas, com um efetivo de 236 Policiais Militares e 170 Policiais Civis foram cumpridos os mandados de prisões e buscas em desfavor de Reinaldo Mendes Cabral (roubo), Cristiano Cardoso (tentativa de homicídio), Givaldo Assunção Dias (homicídio qualificado), Carlos Cesar Abreu Ribeiro Junior (roubo qualificado), Maria Edna da Cunha e Orlando Azevedo (tráfico de drogas). Em virtude desse exercício, foram detidos em flagrante delito Paulo Guilherme Rabelo Frazão, por porte ilegal de arma de fogo; Carlos George Rabelo Frazão, por associação criminosa; Antônio Luís Maciel Berniz e Roberth Anthony Rodrigues por tráfico de drogas, além de, três adolescentes.

Diante do sucesso da operação Gualterio, o superintendente Armando Pacheco destacou a determinação de toda a equipe, “Consideramos um sucesso a operação em vista que nós trabalhamos com conhecimento dos locais e dos alvos, sendo criminosos contumazes. Temos uma dificuldade de encontra-los em suas residências, mas, hoje, tivemos êxito superior a 20% dos alvos”, disse.

A participação das superintendências do estado como SENARC, SHPP, SPCI, SECCOR, SPCC e SEIC que cederam parte de seus efetivos para esta operação, foram elogiadas pela Delegada Adjunta de Polícia Civil, Adriana Amarante, “Apresentamos hoje um trabalho que vem sendo desenvolvido e que levou ao decréscimo significativo dos índices desses crimes. Deixo aqui meus parabéns a toda equipe e agradeço a todos que participaram desse processo”, enfatizou.
Carolina Gomes- Ascom/SSP