Polícia continua buscas para prender quadrilha que explodiu agência do Bradesco em Anajatuba

As polícias Civil e Militar ainda realizam buscas no sentido de identificar e prender o restante de quadrilha de criminosos que, na madrugada desta terça-feira (04), por volta das 03:hs, atacou a agência bancária do Bradesco localizada no município de Anajatuba. Após o crime, a Polícia Militar cercou os criminosos resultando do confronto a morte de um dos bandidos. O restante da quadrilha fugiu pelo matagal.

Os assaltantes explodiram a entrada da agência bancária e se evadiram em motocicletas, mas foram interceptados na altura do povoado “Afoga”, onde houve a troca de tiros. O assaltante que morreu no confronto foi identificado como Jeferson Luan Sampaio Cruz e seria natural do Piauí. Os outros criminosos que se embrenharam no matagal não tinham sido encontrados até a hora da produção dessa matéria. A polícia, entretanto, apreendeu 02 armas de fogo calibre 12, duas pistolas calibre .40 e duas motocicletas.

O delegado regional de Itapecuru, Cristiano Morita, que participou das buscas, repassou que ainda não foi encontrado nenhum valor levado pelos bandidos. Disse, ainda, que deve haver outro alvejado entre os criminosos, pois foram identificadas marcas de sangue em uma das motocicletas apreendidas.

A força tarefa constituída a Polícia Civil, por meio da delegacia Regional de Itapecuru, Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), Polícia Militar e Centro Tático Aéreo (CTA), continua realizando buscas para prender o restante da quadrilha.