Ação integrada das polícias do MA resulta na prisão de suspeitos de assalto a banco em Icatu

Durante uma força tarefa, por meio da Superintendência de Investigação Criminal (SEIC) e da delegacia regional de Rosário, com participação da Policia Militar, Batalhão de Choque, Ronda Ostensiva Tático Móvel (ROTAM), Centro Tático Aéreo (CTA) e da Companhia de Operações e Sobrevivência em Área Rural (COSAR) resultou, neste sábado (16), na prisão Luís Alberto Freitas Alves (29 anos), José Maria Marques Cantanhede (55 anos) e Wellyson de Sousa dos Santos (22 anos). Os três são suspeitos de integrar a quadrilha que assaltou à agência do Bradesco na cidade de Icatu, na semana passada.

Segundo o delegado Tiago Bardal, três suspeitos que foram presos e, ainda, outros dois, que participaram do crime dado suporte aos demais integrantes da quadrilha, morreram em meio ao confronto com a polícia.

AÇÃO POLICIAL

IMG-20160116-WA0200

A operação ocorreu no início na madrugada deste sábado (16). Durante a barreira policial, um caminhão não atendeu à ordem de parada. Houve troca de tiros e a polícia conseguiu prender Luís Roberto e José Maria, que estavam na cabine do caminhão.

IMG-20160116-WA0198Durante a manhã, dando continuidades as buscas, a Polícia Civil avistou um automóvel suspeito, que ia em direção da cidade de Morros. No veículo estavam Wellyson de Sousa, que dava fuga para mais dois integrantes do bando. Ao perceberem a ação, os homens tentaram fugir por uma estrada vicinal, mas o carro acabou atolando na areia. No momento da abordagem, dois elementos escaparam, apenas Wellyson foi preso.

Já pela tarde, a polícia seguiu em diligências na região, onde ocorreu a última a prisão. Houve troca de tiros, que resultou na morte de dois suspeitos.

Ainda de acordo com o delegado Tiago Bardal, os dois homens que vieram a óbito não foram identificados, pois um estavam com documento aparentemente falsoIMG-20160116-WA0199 e o outro não portava alguma identificação. Ele ainda informou que a polícia segue nas buscas para localizar mais três envolvidos no assalto.

APREENSÕES

Com o bando foram apreendidas uma metralhadora ponto 45, uma escopeta calibre 12, uma pistola ponto 40 de uso da polícia militar do Piauí e mais uma grande quantia em dinheiro.

Todos os envolvidos foram encaminhados à sede da SEIC, na capital, onde foram autuados pelos crimes de roubo qualificado e associação criminosa. Eles devem ser recambiados para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde aguardarão as decisões da justiça.

Anselmo Oliveira – Ascom SSP