Homem é preso por falsificação de documentos de veículos em Açailândia

 

 

Uma ação conjunta das Polícias Civil do Maranhão e Pará culminou na identificação e detenção do ex-vigilante do Ciretran, Jair Antunes Figueiredo, 29 anos, natural de Águas Vermelhas, estado de Minas Gerais, atualmente morador da Rua do São Francisco, nº 14, Centro de Açailândia. Ele foi acusado de falsificar documentos de veículos que estavam sendo roubados em outros estados. A prisão ocorreu em Açailândia.

De acordo com informações da Polícia Civil daquele município, Jair Figueiredo trabalhava como vigilante de uma empresa que prestava serviço terceirizado para o órgão Ciretran em Açailândia. Ainda segundo a polícia, o suspeito tinha ligação com pessoas de outros estados que roubavam veículos e traziam até o vigilante Jair Antunes.

Prisão

A Polícia Civil localizou o suspeito na noite da última segunda-feira (24), no Centro de Açailândia, local onde ele morava. Durante a prisão, foram apreendidos aproximadamente 400 formulários de CRLV e 202 bilhetes de DPVAT. Foi encontrado ainda, 28 munições de Rifle.

Após ser levado à delegacia, Jair Antunes foi autuado em flagrante pelo Delegado Wady Miguel Nazar pelo artigo 294, crime de Petrechos de Falsificação de documentos e porte ilegal de munições. Ele se encontra nas dependências da Delegacia Regional de Açailândia aguardando o término dos procedimentos.

Entenda o caso

O vigilante que prestava serviço de segurança para o Ciretran tinha total acesso ao prédio do órgão. Segundo informações, por conta deste acesso, ele conseguia subtrair vários formulários de Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) e bilhetes de DPVAT. Com estes documentos, segundo a polícia, ele conseguia burlar o sistema para regularização do veículo oriundo de outro estado ou até mesmo local.

A polícia informou que, com o preenchimento dos formulários do CRLV e bilhete DPVAT, o veículo podia transitar normalmente em qualquer estado, podendo também ser regularizado anualmente.

Com base em levantamentos da Polícia Civil do Pará, Jair Antunes já vinha praticando este crime há algum tempo. Por meio de investigações, a Polícia do Pará, em conjunto com a Polícia de Açailândia, obteve informações de que ele tinha uma ligação com dois envolvidos no roubo de um veículo Hilux na cidade de Dom Elizeu (PA).

Conforme informações policiais, o veículo roubado pelos dois homens estava em Açailândia para fazer a regularização e ser vendido para uma terceira pessoa.