Cadetes participam de teste de sobrevivência no interior

 

Os 20 alunos do 2º Ano da Academia de Bombeiros Militar Josué Montello, desde a madrugada do último domingo (31), estão na localidade Quebra Anzol, no município de Humberto de Campos, participando do teste de sobrevivência. A atividade encerra o módulo da disciplina “Sobrevivência em áreas inóspitas”.

Sob a coordenação do major Abner Ferreira de Carvalho, subcomandante da ABMJM, durante uma semana, os alunos passarão por vários treinamentos de baixa, média e alta complexidade. “Essa atividade tem, entre outros objetivos, desenvolver nos nossos futuros oficiais chefia e liderança diante de situações adversas em ambiente hostil”, enfatizou o oficial.

Ao chegaram ao local do acampamento, os alunos receberam instruções para construção de abrigo, repassadas pelo sargento Herbeth Silva Pinto e o cabo Benilton Freitas Rego. Na atividade, eles tiveram que construir estruturas como Tapiri (local usado como cama), Jirau (usado para tratar os alimentos caçados), varal (para pendurar os uniformes molhados), necessárias para ser usada em atividades de sobrevivência.

O grupo também recebeu instrução sobre Atendimento Pré-Hospitalar (APH), ministrada pelo capitão João Dark Costa, tenente Tayná Paiva Siqueira, sargentos Arlandeks Coutinho e Ana Cristina Sousa Lemos; Orientação e navegação de bússola e GPS, confecção de macas improvisadas, zona para pouso de helicóptero, ministrada por uma equipe do Grupo Tático Aéreo e, ainda, instrução com animais peçonhentos (cobras e aranhas).

Os alunos, apesar das dificuldades enfrentadas, são unânimes em acreditar que o treinamento é uma etapa com elevado grau de dificuldade que todos os participantes precisam transpor para chegar ao posto de oficial do CBM-MA. Todos estão recebendo o apoio logístico disponibilizado pelo Comando da Corporação.